segunda-feira, 18 de abril de 2011

Avisos


E de repente você se vê no topo da escada, olhando para baixo, pensando se sim ou se não e sua mãe grita “Não pula, menino, vai machucar“. Você, achando-se capaz, forte e mais sábio que sua mãe, pula. Se joga. E Cai e dói e chora.

Você ouve “Eu te avisei!“.

E aí você se vê a dois dias de uma prova, cuja matéria você desconhece e as conseqüências ignora. A professora te diz “Estuda, menino, vai repetir“. Você, achando-se capaz, esperto e mais sábio que a professora, leva na manha e falha. E aí sente a queda, que dói, você chora.

 Você ouve “Eu te avisei!“.


E então você se vê entregando o coração a quem não sabe o que é amor. Quem te ama diz “Não ame, menino, vai te ferir“. E você, achando-se capaz, mais seguro e mais sábio que quem te ama, entrega o sentimento e acorda. E aí sente a perda, que dói. Você chora.

Você ouve “Eu te avisei!“.

E depois de tudo isso, você vê o seu filho ao pé da escada, seu aluno a repetir, um amado amando errado e você pensa: “Não pula! Estuda! Não ame!“, mesmo sabendo que se voltasse no tempo, faria tudo outra vez. Porque a dor passa. 

Lara


4 comentários:

  1. Anna Carolina Marques19 de abril de 2011 16:16

    Caramba,amiga!! sem palavras! Tive até que ler para o meu pai, ele adorou! Muito lindo mesmo!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Lindo Lara.
    Doeu um pouco na terceira parte... =/

    ResponderExcluir